Televisão

Susana Vieira diz não saber de onde vem sua fama de antipática

Susana Vieira falou tudo na última entrevista que cedeu ao jornalista Pedro Bial, também da TV Globo. A atriz, inclusive, falou sobre sua fama de antipática. Susana é conhecida por seus bordões icônicos e participações calorosas, como no caso que tomou o microfone das mãos da repórter Geovanna Tominaga.

A veterana da TV Globo afirmou que muito de seus problemas pessoais, acabaram afetando o seu desempenho no trabalho e nas gravações. Porém, garantiu aos telespectadores que não é uma pessoa má ou antipática com outras pessoas que trabalham nas gravações de telenovelas, por exemplo.

Leia mais: Jovem Pan News pede para que doem rádio de pilha para pessoas isoladas no Rio Grande Sul

Susana afirmou que mudou muito sua forma de ser, principalmente, logo após a morte da sua mãe. A atriz aponta que, ficou mais na defensiva. “Aquela perda me fez mudar. Tenho um filho só, o Rodrigo, mas acho que a perda de uma mãe, em qualquer idade, é a maior perda do mundo. Eu me senti sozinha, senti que nunca mais ia ter um colo. O colo de uma mãe não é igual a nada, uma mãe aceita tudo de você”, contou.

Leia mais: Programa Eliana e SBT são alvos de processo de cantora no valor de R$ 342 mil

A veterana também afirma que passou a ver o mundo diferente após a partida da matriarca da família. “Após a partida da minha mãe fiquei muito defensiva. Durante todo esse tempo na TV muita gente acha que sou insuportável. ‘Vai ter Susana, cuidado!’ Não sei o porquê. Sempre fui ótima profissional, uma ótima colega, sempre cheguei na hora, decoro o texto e sou gentil com quem eu trabalho”, contou.

Sandro Pedroso se defende de acusações de Susana Vieira

Sandro Pedroso, ex-namorado de Susana, se defendeu após a atriz citá-lo no Conversa com Bial, na TV Globo. A atriz afirmou que sofreu bastante na mão da imprensa devido aos seus exs-companheiros.

No entanto, Sandro se defendeu das acusações, já que os dois namoraram entre 2009 a 2014. “Foi muito mais cruel comigo”, disse. “Em primeiro lugar, eu tenho o maior carinho e respeito pela Susana! E se a imprensa foi cruel com você, pode acreditar que ela foi muito mais cruel comigo! Fiquei muitos anos como ator sem trabalhar… E não foi culpa sua, eu sei. Mas pelos julgamentos de terceiros”, finalizou.

Mateus Mider

Mateus Mider é jornalista e editor-chefe do ADTV. Sempre teve um grande fascínio com o mundo da televisão e ama o entretenimento. Preza pela credibilidade e informação objetiva.
Botão Voltar ao topo